1189 - 2021 : Commentarium in Apocalypsin 1184

É com grande prazer que anunciamos "1189 - 2021 : Commentarium in Apocalypsin", de Magda Delgado e Pedro Pascoinho.

Abertura :  
5ª feira, 11 de Novembro | 18:00  — 22:00

Duração : 
11.11  - 15.01.2021

_

Quer seja olhado de forma profética ou simbólica, de forma alucinatória ou terapêutica, o Apocalipse e as grandes revelações encontram-se em linha com os nossos tempos. Dizem-nos respeito na nossa actualidade e é aqui que residem a força e a relevância deste encontro entre os desenhos negros de Pascoinho no papel e a tinta acrílica colorida sobre tela de linho cru de Delgado. Fundindo-se com a peça musical imersiva que co-criaram, as complementaridades e oposições visuais dinâmicas em jogo são enfatizadas pelos sons e tonalidades sucessivamente sombrios e luminosos. A teia de padrões geométricos, proporções matemáticas e planos cromáticos vibrantes traz abertura e expansão às associações Warburgianas de símbolos, fragmentos e impressões mnemónicas. A justaposição contrastada de motivos figurativos escuros e melancólicos com pinturas abstractas luminescentes onde dominam as cores primárias emprega uma espécie de Axis Mundi que liga o céu e a terra, os domínios subterrâneos e celestiais, as contingências e necessidades, tormentos e aspirações, a génese e o fim dos tempos. (Katherine Sirois, "Commentarium in Apocalypsin", excerto)

_
Texto de exposição : Katherine Sirois
Tradução : Henrique Frederico
Fotografia de exposição : Bruno Lopes
Video de exposição : João Silva
Som : Registos de Magda Delgado. Masterização de Pedro Pascoinho e Carlos Pascoinho
Apoio à produção : Fernando Lopes 
Art handling / Montagem : Maria Torrada