Risco contínuo 1564

É com grande prazer que anunciamos Risco Contínuo, a segunda exposição individual de Carlos Mensil na galeria.

ABERTURA
5ª feira, 22 de Setembro | 21 H

DURAÇÃO
22.09 – 12.11.2022


"(...) Convocando um sentido quase dramatúrgico do espaço expositivo, no qual os objectos, suportes e materiais protagonizam o livre fluxo entre ordem e desordem, equilíbrio e desequilíbrio, realidade e imaginário, interior e exterior, luz e sombra, afirma-se um quadro conceptual que desestabiliza a soberania da representação. Atmosferas sonoras integram uma poética sinuosa e vitalista que não só configura estas obras como manifesta a singular formulação da iconografia enquanto traço que nomeia o mundo. Omnipresentes e tensas cumplicidades estabelecem aproximações críticas entre paisagens e  tecnologias contemporâneas, nascentes de água e a extracção de petróleo, ecologia e massificação industrial, a natureza e a cultura. Os deuses e os mortais. Sempre a forma e o fundo. Ligações. A arte e uma obstinada maneira de entristecer. (...)

Eduarda Neves, O risco, ou uma chapa afiada (excerto)